Quem pode fazer tradução de documentos oficiais?

Entenda a importância desse serviço e quais são os profissionais autorizados a realizá-lo

A tradução de documentos oficiais é um serviço bastante procurado, tanto por brasileiros que vão para outros países quanto para estrangeiros que viajam para o Brasil.

Mesmo com toda essa procura, ainda há um grande número de pessoas que não sabe para que servem os documentos oficiais traduzidos e qual é a sua diferença em relação às traduções convencionais, sejam elas profissionais ou automáticas.

Entenda o que faz com que os documentos oficiais tenham que ser traduzidos, quando isso precisa ser feito e quem são as pessoas autorizadas a oferecer esse tipo de serviço.

Para que serve a tradução de documentos oficiais?

O objetivo é fazer com que documentos emitidos em um país tenham validade legal em outras nações.

Por exemplo, se um brasileiro possui uma procuração, ele é legalmente autorizado a agir em nome de outra pessoa ou de uma empresa, situação comum no andamento de processos judiciais ou também para auxiliar pessoas com limitações de idade e/ou saúde.

Porém, se essa procuração foi redigida em português, ela será válida somente em território brasileiro. Caso seja necessário agir em nome da outorgante em território estrangeiro, seja ela uma pessoa física ou uma empresa sediada fora do Brasil, ela não terá validade, já que foi elaborada em língua portuguesa.

Para que ela tenha validade jurídica em outros países, um dos passos necessários é a tradução juramentada, também conhecida como tradução pública, que possui características bem específicas.

Alguns dos documentos mais procurados para tradução juramentada são os seguintes:

Documentos de identificação: identidade, carteira de trabalho, certidão de registro civil, carteira de habilitação, passaporte etc.

Documentos pessoais: certidões de nascimento e casamento, histórico de antecedentes criminais, certidão de naturalização, atestado de óbito, documentos de adoção etc.

Documentos jurídicos: depoimentos, autos de processos judiciais, petições iniciais, procurações, testamentos, contratos etc.

Estima-se que a procura pela tradução de documentos oficiais aumente a cada dia que passa, já que o número de brasileiros que desejam visitar outros países cresce muito – e a recíproca também é verdadeira.

Dados da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta) mostram que mais de 220 mil brasileiros saíram do país em 2015 para fazer intercâmbio. Ainda de acordo com a Belta, o mercado de intercâmbio movimentou R$ 2 bilhões em 2016.

A tendência da globalização é mais um motivo que pode explicar a expectativa de crescimento pela procura das traduções juramentadas pelos brasileiros e por pessoas ao redor de todo o mundo.

No Brasil, a exigência da tradução juramentada existe desde 1943 – ano quando foi elaborado, em 21 de outubro, o Decreto no 13.609, o qual tornou obrigatória a realização da tradução juramentada para validar legalmente os documentos estrangeiros.

Como é feita a tradução juramentada?

É necessário que o serviço seja feito por um tradutor juramentado que esteja habilitado como Tradutor Público e Intérprete Comercial (TPIC) e inscrito na Junta Comercial do Estado em que oferecerá seus serviços.

Saber como traduzir documentos oficiais não é o suficiente para esse tipo de serviço, já que as exigências legais e burocráticas são mais específicas.

Isso acontece porque a tradução de documentos oficiais precisa ser feita por pessoas dotadas de fé pública e que contam com a confiança das instituições e do governo para atribuir validade legal ao documento que será traduzido.

Logo, entre todos os serviços de tradução, esse é o que envolve maior burocracia, já que além do domínio dos idiomas de origem e de destino, o profissional precisa ser concursado e empossado pela Junta Comercial de seu Estado.

Pode-se concluir que existe alguma similaridade com as traduções técnicas, já que elas também possuem um grau de exigência que vai além do conhecimento dos idiomas e passam pela compreensão de determinada área de conhecimento.

Ainda assim, a diferença da tradução técnica para a juramentada (e para todos os outros serviços de tradução) é que as traduções juramentadas somente são válidas quando realizadas por profissionais legalmente habilitados.

Com isso, ainda que o teor de um documento estrangeiro possa ser compreendido por meio de traduções convencionais ou mesmo automáticas, ele só terá validade legal através da apresentação da tradução juramentada.

tradução de documentos oficiais

Veja mais – Tradução técnica x tradução juramentada: qual é a diferença?

Como é um documento que passou por tradução juramentada?

Cria-se um novo documento em papel timbrado, identificado e assinado pelo profissional responsável e com a tradução em seu inteiro teor. A tradução deve acompanhar o original para que sua validade legal seja comprovada.

É comum pensar que a identidade visual, a formatação e as cores do documento original também tenham que ser mantidas, mas isso não procede. Existe um padrão para a elaboração e diagramação da tradução de documentos oficiais e todos devem segui-lo.

Absolutamente tudo que está no documento original deve ser traduzido, até mesmo cabeçalhos, rodapés e demais informações. Assim, sua validade legal será garantida, já que nenhuma informação será perdida durante o processo de tradução.

Como encontrar um profissional de tradução de documentos oficiais?

A melhor alternativa é procurar por uma empresa especializada em traduções, cujos colaboradores possam comprovar sua habilitação e capacitação profissional.

Por tratar-se de um serviço bem específico, no qual os tradutores precisam cumprir uma série de critérios, contar com o profissionalismo de uma empresa é a opção mais adequada para evitar problemas.

Quem quer estudar no exterior, por exemplo, ou fazer outras atividades que demandem o uso de documentos com validade legal fora de seu país de origem precisa dos serviços de uma empresa experiente e profissional, capaz de atender todas as suas necessidades.

O ideal é que se escolha uma empresa com anos de experiência no mercado, o que mostra que ela já auxiliou muitos clientes com traduções juramentadas durante sua trajetória.

Conte com a tradução de documentos oficiais para manter sua validade legal

Seja para intercâmbios, viagens de trabalho ou mesmo para quem deseja morar em outro país, as traduções juramentadas são uma etapa fundamental do processo e precisam ser feitas com profissionalismo e eficiência.

Logo, para evitar qualquer tipo de problema ou mal entendido, conte com uma empresa de tradução de documentos oficiais e preserve a validade legal de tudo o que você precisa, desde procurações até históricos escolares.

Solicite sua Tradução

Postagens Relacionadas