Tradução juramentada de termos jurídicos mais procurados

Saiba quais sãs as especificidades da profissão de tradutor juramentado quando o assunto são os termos jurídicos

A profissão de tradutor juramentado revela algumas nuances bastante específicas para os profissionais envolvidos. Um tradutor não precisa ser, necessariamente, um especialista em outras áreas. Entretanto, em muitos momentos ele vai se pegar tendo que observar materiais técnicos de outros segmentos e o mundo jurídico é um deles.

Documento-de-traduçao-juridica

Uma das características da tradução juramentada é o fato de que os textos traduzidos precisam ser fieis aos originais, ou seja, as palavras utilizadas têm que dar a mesma noção de valor do que aquelas utilizadas no idioma original. Isso pode criar, em algumas circunstâncias, cenários bem complexos para o profissional, que precisa estar atento na escolha das palavras.

Boa parte desses termos surge em contratos e outros documentos jurídicos. Nessas ocasiões, visando manter essa fidelidade nos textos, o profissional da área de tradução juramentada precisa ir fundo nas pesquisas, seja usando dicionários técnicos ou consultando profissionais na área em questão de forma a conseguir construir uma versão fiel ao idioma original.

Entendendo alguns termos jurídicos


Para o tradutor, conhecer alguns termos jurídicos específicos pode ser de grande valia na hora de fazer uma versão em outro idioma. Assim, saber a diferença entre itens como leis, decretos, regulamentos, códigos, estatutos, memorandos, petições e contratos é algo que deve estar sempre dentro da alçada de cada profissional.

No caso das peças envolvendo qualquer uma das características do Direito, muitas vezes apenas saber como traduzir um texto pode não ser suficiente. É preciso ter um conhecimento mais aprofundado da cultura de cada local para entender qual é o peso real que cada tipo de documento tem em uma determinada circunstância. Um memorando, por exemplo, permite a utilização de uma linguagem menos formal e específica do que um texto de lei.

Especialização é um caminho?


Existe um grande número de tradutores que além de fazerem esse trabalho são também especialistas em Direito. Como em qualquer área, quanto mais especialização o profissional tiver, maior é a certeza de que ele fará um bom trabalho quando for preciso observar itens mais específicos. As empresas de tradução, em casos como esses, costumam dar preferência a quem já tenha experiência ou seja especializado em alguma das áreas do Direito.

Isso porque o fato de o profissional já estar familiarizado com os termos jurídicos, inclusive com as suas muitas expressões em latim, facilita a compreensão do contexto e ajuda a definir o tom que será utilizado na versão em questão. Na maioria absoluta dos casos, a tradução de documentos requer uma linguagem formal, mas certos documentos têm estruturas mais rígidas do que outras.

Exatidão na tradução


Um dos maiores desafios enfrentados pelas empresas de tradução na hora de converter documentos de outros idiomas é o fato de que há a necessidade de se preservar o teor exato de um texto. A escolha dos termos é de suma importância, pois em alguns casos pode não haver uma palavra correspondente em português ou em outro idioma.

Nesse caso, o sentido original precisa ser preservado, de forma que o tradutor, em alguns casos, terá que ser inteligente o suficiente para redigir um texto de maneira que o sentido original seja sempre mantido. Ou seja, esse é um trabalho que requer grande habilidade e profissionalismo, pois não há espaço para incoerências ou mesmo para erros gramaticais.

Contribuindo para a justiça


Muitos desses documentos são utilizados em processos judiciais ou em cortes arbitrais. Assim, o texto traduzido será a fonte de avaliação por parte de um juiz ou árbitro. É na linguagem que o profissional utilizou que ele vai se basear para tomar as suas decisões, fato esse que muitas vezes se atém a detalhes técnicos de interpretação de determinadas cláusulas de um contrato.

Isso significa que o fator linguagem é preponderante nessas horas. Um erro mínimo de uma vírgula ou o uso de uma palavra incorreta pode colocar todo o trabalho a perder. Dessa forma, as empresas de tradução costumam manter os seus bancos de dados atualizados e buscam sempre por profissionais que estejam em constante processo de melhoria. Estudar é fundamental para os profissionais dessa área.

Busque sempre as melhores alternativas


Do ponto de vista de quem está em busca de uma empresa de tradução juramentada, observar se a companhia em questão conta com tradutores juramentados especializados na área jurídica pode ser um diferencial e tanto. Essa é uma garantia a mais que o contratante tem de que o texto final será fiel ao documento original, uma vez que o tradutor compreende os aspectos envolvidos em um determinado documento além de uma simples tradução de termos.

Já para os profissionais de tradução juramentada, o primeiro passo do estudo é conhecer a cultura jurídica dos países em questão. A forma com um país aplica as suas regras lá fora é diferente da forma como o Brasil aplica as suas leis, de forma que é preciso entender quais aspectos das legislações internacionais têm valor similar com as nossas.

Em linhas gerais, a tradução de documentos jurídicos requer uma atenção especial por parte dos tradutores, e recomenda-se em casos mais complexos que esse trabalho seja destinado apenas aos profissionais de tradução que tenha o Direito como área de atuação ou formação. Dada a natureza desses documentos, você já pode imaginar que esse é um campo que oferece muitas oportunidades, portanto pode ser uma ótima alternativa para aprofundar seus estudos.

Solicite sua Tradução