Quer estudar no exterior? Saiba quais documentos você precisará!

Se você tem o desejo de estudar no exterior mas não sabe por onde começar a se organizar, continue essa leitura e garanta ótimas dicas sobre esse assunto!

Estudantes segurando o passaporte

Escolha o que estudar no seu intercâmbio


O primeiro passo é definir esse ponto. Pense bem sobre o que quer estudar, pois existem vários cursos e muitas formas de conseguir realizá-lo. Geralmente as pessoas desejam estudar no exterior para ter mais conhecimento, experiência ou o nome de uma faculdade diferenciada em seu currículo. O melhor caminho a ser tomado é ter um foco, pois assim será muito mais fácil conseguir chegar ao seu objetivo.

Estudo o idioma do país escolhido


Uma das exigências das escolas e universidades de intercâmbio é o seu nível de fluência no idioma para que não fique perdido durante as aulas. Então o melhor a se fazer é: quando decidir para que país e qual escola vai estudar, comece a treinar muito!

Tipos e tempo de intercâmbio


Existem vários modos de fazer intercâmbio. Alguns deles são:
• Ensino Médio: nesse modo é possível que o estudante passe de seis meses a um ano estudando suas matérias em uma instituição internacional.
• Universidade: para quem deseja ser graduado, pós-graduado ou fazer algum curso profissionalizante é possível ficar no país por três meses ou até o curso acabar.
• Au Pair: essa opção é ótima para mulheres que tem idade de 18 até 26 anos e querem fazer intercâmbio. Elas moram com uma determinada família no país escolhido, trabalham como babás das crianças e estudam o idioma no período que não estiver cuidando delas (de manhã ou à tarde).

Bolsas de estudo


Existem universidades que oferecem bolsas de estudo através da sua nota no processo seletivo e universidades nacionais conveniadas com instituições internacionais, o que torna mais fácil ganhar sua bolsa de estudos e estudar no exterior. Vale a pena dar uma pesquisada sobre isso e tentar garantir sua bolsa!

Onde morar?


Você precisa ter um comprovante de onde vai morar. Existem agências que oferecem o serviço da compra do intercâmbio e também da moradia oferecida pela escola. Quando é feito dessa maneira, a agência e a escola irão te passar a carta de acomodação, nessa carta deve ter o endereço da família ou da acomodação, telefone para contato, data de entrada e de saída e os dados do responsável. É comum que pessoas que vão fazer intercâmbio fiquem acomodados na casa de parentes e amigos, forma onde também é necessária a apresentação da carta com os dados do dono da casa que vai te receber.

Documentos


Para ir visitar qualquer país é necessário provar que você é quem realmente diz, e para estudar não é nem um pouco diferente! É até mais burocrático e para provar isso você vai precisar de alguns documentos. Veja alguns que serão indispensáveis nesse momento:
• Passaporte: esse sem duvidas é o documento essencial da sua lista. Ele será sua identidade enquanto estiver fora do Brasil. Você vai precisar ir até a Policia Federal para fazer esse documento. O estudante que tiver um passaporte e solicitou outro, vai precisar levar os dois, principalmente se o voo tiver alguma escala.
• Visto: o visto deverá estar anexado ao seu passaporte, se não estiver, mantenha-o em um lugar seguro, pois será ele que você vai usar até não tirar uma identidade, como por exemplo, a carteira de motorista local.
• Carta de aceitação: Ao ser aceito na universidade ou escola escolhida você receberá uma carta de admissão. Esse documento é de extrema importância durante o seu tempo de estudo. Na entrevista no consulado você irá apresentar essa carta como prova de que realmente está matriculado e está indo para aquele país para estudar.
• Carteira de vacinação: É importante estar com as suas vacinas em dia. Alguns países exigem que o estudante prove que tomou todas as vacinas necessárias para não correr o risco de entrar com nenhuma doença no país.
• Xerox e originais: É necessário que todos os seus documentos estejam em sua mala de mão, pois você vai precisar mexer toda hora com eles durante a viagem. Também é bom ter cópias desses documentos quando for realizar a matrícula na escola ou universidade, pois elas serão solicitadas.
• Comprovante financeiro: A universidade ou escola vai querer ter certeza absoluta de que você vai conseguir manter seus estudos, moradia, alimentação, lazer, transporte e medicamentos. Quando for fazer a entrevista no consulado vai ser necessário mostrar documentos que provem que a quantia que você tem será suficiente para esses gastos. Pode ser que precise mostrar esse documento na hora de fazer a imigração também.
É importante que os documentos passem pela tradução juramentada, também conhecida como tradução pública, que tem como objetivo validar os documentos brasileiros em território estrangeiro e vice-versa.

Pesquise!


Parece uma dica boba, mas é de extrema importância! Pesquise muito sobre a escola ou universidade, sobre o país que você vai morar por um tempo, sobre o curso escolhido e não deixe nenhuma dúvida em aberto. Alguns estudantes simplesmente ignoram a persistência em pesquisar sobre o assunto e acabam se decepcionando.

Esteja preparado


Quando viajamos para algum estado ou cidade do nosso país estranhamos alguns costumes e a cultura, o que é normal, afinal saímos da nossa zona de conforto. Imagine só como é quando você muda de país onde não só os costumes, mas praticamente tudo é diferente?
Estar preparado para uma mudança dessas é muito importante. Procure conversar com pessoas que já passaram por isso, principalmente brasileiros que já foram para o mesmo país que você pensa em ir, assim você vai estar sob aviso do que pode esperar e encontrar naquele lugar.

Solicite sua Tradução