Fale conosco:
Whatsapp:

Quem pode fazer tradução juramentada

Jovem especialista em tradução juramentada

A tradução juramentada é um tipo de tradução que tem valor legal e oficial, ou seja, é reconhecida por órgãos públicos e entidades privadas como uma versão fiel de um documento original, redigido em outro idioma. Esse tipo de tradução é necessária para diversos fins, como a instrução de processos judiciais, procedimentos de imigração, formalização de acordos, validação de diplomas, transcrição de certidões de nascimento e outros.

 

A importância da tradução juramentada está no fato de que ela confere autenticidade e validade aos documentos traduzidos, evitando fraudes, falsificações e mal-entendidos.

 

Entretanto, ela não pode ser realizada por qualquer pessoa, como nos casos de Tradução Livre. Somente tradutores públicos (juramentados) podem executá-la tomando para si a responsabilidade de realizar uma tradução fiel e precisa do documento original, seguindo as normas vigentes e os termos técnicos adequados.

 

Neste artigo, vamos explicar melhor o que é a tradução juramentada, para que serve, sua importância e, um dos pontos principais: quem pode realizá-la.

 

Acompanhe o artigo e boa leitura, confira!

 

Tradução juramentada: o que é e para que serve?

A Tradução Juramentada é a modalidade de tradução que gera efeitos jurídicos para documentos oficiais redigidos em idioma estrangeiro, como diplomas, declarações, procurações, certidões de nascimento e casamento, contratos, balanços, etc. 


O objetivo é evitar que informações e dados sejam distorcidos ou tirados de contexto a partir do documento original, elaborado em idioma de língua estrangeira.

 

Por conta disso, uma tradução juramentada só pode ser feita por tradutores públicos e intérpretes comerciais devidamente habilitados em concurso público e inscritos na Junta Comercial do estado onde reside.

Importância da tradução juramentada

A tradução juramentada tem valor legal e é reconhecida por órgãos públicos e privados. Ela garante a fidelidade e a autenticidade do conteúdo traduzido, evitando fraudes e mal-entendidos.

A nível civil, um excelente exemplo da aplicação da tradução juramentada ocorre quando duas pessoas de nacionalidades diferentes decidem se casar. O nubente estrangeiro precisa apresentar no cartório uma versão traduzida da sua certidão de nascimento.

 

Também podemos exemplificar por meio de situações de pessoas que vão estudar no exterior. Caso a entidade exija a apresentação do histórico escolar do aluno, ele precisará traduzi-lo antes de encaminhá-lo à secretaria.

 

Numa hipótese em âmbito profissional, podemos imaginar um jornalista brasileiro que, ao ser enviado para o exterior como correspondente internacional, lhe seja solicitado pelas autoridades do país que atuará, apresentar documentos comprobatórios a respeito de sua formação e qualificação.

 

Se nas versões destes documentos houver algo que conflite com o conteúdo original do documento e, consequentemente, com a função que o empregador atribuiu ao profissional, este jornalista pode ser impedido de trabalhar — a depender, é claro, da interpretação dos referidos documentos à luz da legislação daquele país. Então, no final das contas, a tradução juramentada evita, justamente, interpretações ao léu.

 

A relevância da tradução juramentada fica ainda mais evidente quando pensamos em situações de expansão das atividades de uma empresa. Ora, o tipo de imposto que uma unidade paga depende das atividades realizadas dentro dela. Um erro na versão do Contrato Social pode atrasar a constituição ou, até mesmo, impedir permanentemente a instalação de uma subsidiária em solo estrangeiro. 

 

Aquisições e fusões

Quando uma empresa adquire o controle de outra, a operação deve ser autorizada por órgãos reguladores de todos os países onde as empresas atuam.

 

Em janeiro de 2022, por exemplo, a Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard — um dos maiores estúdios de games do mundo — por quase US$69 milhões. Até a publicação deste artigo, quase um ano e quatro meses depois do anúncio, a compra ainda não havia sido aprovada.

 

Em todo esse tempo, milhares de documentos da Microsoft, da Activision Blizzard e de outros envolvidos passaram pelas mãos de pessoas de diversas nacionalidades. A margem para a incidência de erros nas traduções desses documentos é altíssima. Por isso, recorre-se a traduções juramentadas a fim de que as versões não sofram qualquer distorção em relação ao teor do documento original.

 

Todo este procedimento também se aplica a casos de fusões entre duas ou mais empresas.

 

Quem pode fazer a tradução juramentada?

Como mencionamos anteriormente, somente tradutores públicos e intérpretes comerciais inscritos na Junta Comercial do estado onde residem podem executar o serviço de tradução juramentada.

 

Essa exigência está à altura da importância que os documentos oficiais apresentam. Erros ou indefinições em traduções e versões podem causar incidentes diplomáticos, prejuízos financeiros e desgastes profissionais em nível mundial.



Identificação de uma tradução juramentada

Uma tradução juramentada é identificada pelo número da matrícula do tradutor público (juramentado) na Junta Comercial do seu estado, o que comprova que ele detém autorização para realizar uma tradução juramentada. Além disso, ela deve conter:

 

  • O nome e a assinatura do tradutor público juramentado;
  • O selo de autenticidade do tradutor público juramentado;
  • A data e o local da tradução;
  • A identificação do documento original e da sua origem;
  • A declaração de que a tradução é fiel ao documento original;
  • A numeração das páginas da tradução.


Ou seja, não adianta alguém tentar traduzir um documento pessoalmente, pois não terá valor algum. Além disso, a tradução juramentada deve ser entregue em papel timbrado do tradutor público juramentado e ficar registrada no livro próprio do tradutor que fica arquivado na Junta Comercial.

 

Em razão de todos estes cuidados na execução dos procedimentos envolvidos, muitas empresas, governos e até mesmo pessoas físicas contratam empresas especializadas para traduzir seus contratos, liminares, ofícios, etc. É a maneira mais prática e segura de elaborar versões oficiais de documentos.

 

Fidelity Translations: qualidade e prazos nos serviços de tradução juramentada

Nos serviços de tradução juramentada, apenas dominar o idioma para o qual determinado documento será traduzido não é suficiente. Duas coisas são indispensáveis para uma tradução juramentada:

 

  1. A inscrição do tradutor na Junta Comercial do estado onde ele reside; 
  2. Afinidade e experiência do tradutor com o assunto sobre o qual versa o documento.

 

Existem jargões e vocábulos com significados diferentes em determinadas áreas. Apesar de não existir uma regra que exija conhecimento técnico do tradutor em certos segmentos profissionais, um tradutor com tal conhecimento fará a tradução com maior acurácia e em menor prazo.

 

Em um processo que contenha centenas de documentos para tradução, essa agilidade é indispensável para atender as finalidades a que se prestam os documentos a ser traduzidos, como julgamentos, licitações, etc.

 

A tradução juramentada, portanto, é um serviço que requer conhecimento técnico e experiência do tradutor. Por isso, é importante escolher uma empresa que possua um quadro de profissionais qualificados e confiáveis para realizar o trabalho.

A Fidelity Translations é uma empresa que mantém uma equipe, diversos tradutores públicos (juramentados) em diferentes idiomas, especializados em diferentes segmentos profissionais, o que permite atender às necessidades do cliente com rapidez, sem comprometer a qualidade.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento sem qualquer compromisso.

 

Até breve!

Leia também

Tradução juramentada onde fazer?

Tradução juramentada onde fazer?

“Tradução juramentada, onde fazer?” é uma das perguntas frequentes sobre esta modalidade de serviço de tradução. O primeiro passo é selecionar uma empresa de tradução

Leia mais »

Conheça nossos serviços de Tradução

💬 Precisa de ajuda?