Pontuação invertida: entenda sobre essa regra gramatical da língua espanhola

Como funciona a pontuação invertida em espanhol

Saiba por que e quando isso acontece

A pontuação invertida em espanhol é, certamente, um dos detalhes que mais chamam a atenção nesse idioma, o qual salta aos olhos até mesmo das pessoas que não o dominam.

De acordo com a edição de 2019 da Ethnologue, publicação que é referência mundial em linguística, o espanhol é a quarta língua mais falada do mundo: 460,1 milhões de pessoas a tem como idioma principal e 74,2 milhões como língua secundária, o que totaliza nada menos que 534,3 milhões de falantes.

Mesmo que seja tão comum (está atrás apenas do inglês, mandarim – incluindo o chinês tradicional – e hindi), poucas pessoas sabem os motivos que levam algumas pontuações a aparecerem no início ou no meio das frases e de ponta-cabeça, o que torna o espanhol um idioma facilmente distinguível.

Vamos entender o que está por trás disso, o que te ajudará a lidar melhor com o assunto quando se deparar com ele da próxima vez.

Por que é utilizada a pontuação invertida em espanhol?

Para diferenciar sentenças interrogativas ou exclamativas das tradicionais, de modo a ajudar em sua identificação, tendo em vista que sua sintaxe, por vezes, é a mesma, o que poderia causar confusões.

Por exemplo, nas frases “¿Te gusta el verano?” e “Te gusta el verano.”, a primeira é uma pergunta, enquanto a segunda é uma afirmação. Porém, a forma de escrever é exatamente igual.

Para os nativos da língua portuguesa, pode não parecer tão estranho que isso aconteça, pois em “Você gosta do verão?” e “Você gosta do verão.”, a primeira é uma pergunta e a segunda é uma afirmação, exatamente como ocorre no espanhol, mas o português não utiliza a pontuação invertida.

Porém, para os falantes de outros idiomas, como o inglês, a questão da sintaxe é tratada de maneira diferente: a pergunta seria “Do you like Summer?”, enquanto a afirmação seria “You like Summer.”, ou “You do like Summer.”, ou seja, é possível identificar perguntas e afirmações mesmo sem olhar para a pontuação.

Quando a pontuação invertida começou a ser utilizada em espanhol?

Faz menos tempo do que podemos pensar em um primeiro momento. Na verdade, ao analisar as origens do espanhol, datadas de 210 a.C., a medida é bastante recente.

Oficialmente, a pontuação invertida em espanhol foi recomendada no ano de 1754 pela Real Academia Española.

Porém quase um século antes, em 1668, o autor John Wilkins propôs o uso da exclamação ao contrário (¡) como forma de denotar ironia em uma determinada sentença.

Erasmo de Roterdão foi outro a sentir a necessidade pelo uso desse tipo de pontuação, embora apenas a recomendação da Real Academia Española tenha sido adotada.

Na verdade, mesmo depois de tal recomendação, sua adoção ocorreu de maneira gradual no decorrer do século seguinte. Hoje em dia, o seu uso já é constante entre os falantes do espanhol.

Confira também: Diferenças entre espanhol e castelhano.

Como funciona a pontuação na língua espanhola

Como é utilizada a pontuação invertida em espanhol?

Ela consiste no ponto de interrogação (¿) e no ponto de exclamação (¡), sendo que os outros símbolos são utilizados normalmente. Porém, existem regras e momentos adequados para poder utilizá-los, uma vez que eles nem sempre aparecem no início das frases.

Por exemplo, na frase “Si no puedes ir con ellos, ¿quieres ir con nosotros?” (“Se você não pode ir com eles, quer ir conosco?”), a pontuação invertida não aparece no início da sentença, mas sim quando começa a pergunta.

Algo similar ocorre em “Sin embargo, ¡tengo frío!” (“No entanto, estou com frio!”), frase na qual a exclamação invertida aparece quando a sentença assume um tom exclamativo.

É importante ressaltar que a pontuação invertida em espanhol também pode ser combinada. Em “¡Me amas?” (“Você me ama?”), a frase pode indicar certa descrença por parte de quem pergunta, como em uma união de pergunta e afirmação.

Já em “¡¿Qué veste?!” (“O que você viu?”), também há certo tom de descrença, porém com ainda mais intensidade do que no exemplo visto anteriormente.

A pontuação invertida em espanhol também aceita o uso de duas ou até três exclamações em sequência quando se deseja destacar intensamente esse sentimento, como em “Es imposible. ¡¡¡No lo creo!!!” (“É impossível. Não acredito!”).

Quais são os desafios trazidos pela pontuação invertida no espanhol?

Pode-se dizer que um dos principais desafios é o fato de que as pessoas que não tem conhecimento e experiência no idioma acreditam que basta eliminar a pontuação invertida que aparece no início ou no meio da frase para saber qual é o seu significado, mas não é isso que acontece.

Como já vimos, existe uma profundidade muito maior na pontuação invertida em espanhol do que simplesmente retirá-la das frases, uma vez que a posição em que aparece muda o tom das frases.

Além disso, também existe a possibilidade de combinar as pontuações, seja uma exclamação invertida no início e uma interrogação tradicional no final ou um par de ambas as pontuações no início e no final das frases, entre outras variações.

Ainda assim, no dia a dia, a pontuação invertida em espanhol pode ser encarada com relativa naturalidade, mas isso já não acontece quando existe a necessidade de procurar por um serviço profissional.

O espanhol é um dos 11 idiomas mais solicitados para tradutor de documentos e a compreensão do real significado das frases – com todos os seus detalhes – passa por uma linha tênue, o que demanda um bom conhecimento.

Cabe ao tradutor profissional identificar exatamente o que o autor quis transmitir e, então, manter a essência daquele conteúdo, ou seja, a questão é realmente mais complicada do que pode parecer em um primeiro momento.

Inclusive, ao analisar como essa regra traz uma versatilidade muito maior ao idioma, fica claro o motivo de que quem fala espanhol habitua-se ao uso e sente falta quando tem contato com outro idioma em que as pontuações são utilizadas somente da maneira tradicional.

A pontuação invertida em espanhol é uma regra que chama a atenção, principalmente depois de entender como ela funciona, além de evidenciar o motivo de ser necessário contar com uma boa empresa de tradução para lidar com serviços profissionais no idioma e, assim, manter a integridade e a essência do conteúdo.

Solicite sua Tradução

Postagens Relacionadas