Extração de termos na tradução: você sabe o que é isso?

Esse assunto é determinante para proporcionar agilidade e eficiência às traduções

As traduções são serviços que envolvem uma série de questões técnicas, muitas vezes desconhecidas por quem não tem um conhecimento tão profundo sobre elas, e a extração de termos na tradução é uma dessas questões.

O termo pode soar como algo complexo e realmente envolve uma abordagem diferenciada, mas quando a técnica é bem utilizada é possível obter excelentes resultados em termos de assertividade, agilidade e custo-benefício.

Vamos entender melhor do que se trata e como ela é aplicada nas traduções em prol de resultados mais eficazes.

O que é a extração de termos na tradução?

É um processo que consiste na retirada da terminologia de algum conteúdo, independentemente de qual seja seu assunto, para que seja possível criar algo como um banco de dados de palavras, o qual abastecerá a memória de tradução daquele idioma em questão.

O uso de alguns termos técnicos pode fazer o assunto parecer mais difícil do que ele realmente é, mas basta analisar em partes para compreender sua finalidade.

Todo conteúdo tem a sua terminologia própria, que por definição é o conjunto de termos específicos ou o sistema de palavras utilizado.

Por exemplo, a terminologia química trata dos termos que são usados em tal área do conhecimento, assim como a terminologia do direito, da medicina e por aí vai.

Isso também se aplica a qualquer outro conteúdo que precise ser traduzido, seja uma declaração, um artigo científico, a letra de uma música ou o manual de um automóvel.

A memória de tradução, por sua vez, já foi citada por aqui anteriormente. Ela é uma das principais ferramentas para tradução e é fundamental para que os profissionais possam desempenhar as suas atividades com maior agilidade e eficiência.

O nome técnico é computer-assisted translation (tradução assistida por computador) – ou simplesmente CAT Tool – e sua finalidade é, literalmente, memorizar os termos que já foram traduzidos por aquele profissional. Assim, da próxima vez que o tradutor se deparar com eles, não terá que fazer o trabalho manualmente de novo.

Diferente do que acontece com a tradução automática, na qual todo o processo é realizado sem intervenção manual e é feito completamente por sistemas automatizados, como machine learning, as CAT Tools realmente memorizam o que já foi feito previamente por um tradutor profissional.

Portanto, podemos dizer que a extração de termos na tradução é um sistema que permite aos profissionais da área abastecerem suas memórias de tradução com dados confiáveis e relevantes, ao mesmo tempo que os permite concluir os serviços de tradução em um prazo menor.

Como funciona a extração de termos na tradução?

Na prática, existem dois tipos diferentes: o manual e o automático – embora seja importante ressaltar que nenhum deles é inteiramente automatizado.

As características são as seguintes:

Extração manual

Esse é um processo mais trabalhoso, no qual um profissional de tradução analisa cautelosamente o texto e, a partir de então, adiciona as palavras que julga necessárias à sua memória de tradução.

Posteriormente, ele pode prosseguir com a sua tradução, em um conjunto de procedimentos trabalhosos, mas que ainda assim proporcionam maior praticidade e agilidade do que se todo o processo fosse realizado manualmente, sem qualquer auxílio da extração de termos na tradução.

Além disso, enquanto realiza essa atividade, o profissional ganha um banco de dados mais rico e atualizado, o que o ajudará com demandas posteriores.

Extração de termos na tradução: o que é

Extração automática

Aqui a análise do conteúdo é realizada automaticamente, com o auxílio de um computador, o qual efetua a digitalização do documento e, em seguida, extrai termos e frases de acordo com o que tiver sido programado previamente.

O profissional de tradução pode inserir alguns parâmetros para a extração de frases ou termos, de acordo com o que julgar relevante para cada tipo de conteúdo, de modo que não precise analisar o documento por completo manualmente.

Porém, por se tratar de um sistema automático, há alguns problemas com os quais o profissional de tradução pode se deparar, como o fato do programa, às vezes, não entender a forma lexical de uma palavra ou uma frase em específico.

A palavra stand, por exemplo, tem como significados alguns verbos (aguentar, levantar-se, pôr-se de pé, estar de pé), bem como alguns substantivos (estante, prateleira, suporte, descanso, tenda, barraca, cavalete, plataforma, cabide). A extração automática não leva essas diferenças em consideração.

Isso é algo bastante prejudicial para a extração de termos na tradução, uma vez que o profissional pode ter tido um intuito e recebido um resultado absolutamente diferente, o que coloca a credibilidade e até a inteligibilidade do seu trabalho em risco.

É relevante comentar que a extração automática possui uma boa concordância, ou seja, analisa o contexto de modo a proporcionar resultados mais próximos do natural, mas as limitações existentes fazem com que a tecnologia ainda não resulte em traduções definitivas e completamente assertivas.

Tanto isso é verdade que as extrações automáticas costumam demandar uma pós-edição, que funciona como uma análise geral, em busca de eventuais erros e problemas.

Veja também: Quais são os perigos de confiar no tradutor automático?

É benéfico recorrer à extração de termos na tradução?

Com certeza. Quando utilizada da maneira correta e com a devida atenção, os serviços são entregues com muito mais agilidade, mas sem abrir mão da eficiência e da assertividade.

Outro ponto é a abordagem de terminologias relacionadas a variações linguísticas que existem dentro do mesmo idioma, como acontece com o português do Brasil, de Portugal e da Angola, por exemplo. Quando se sabe quais são as palavras procuradas, a extração e a atualização na memória de tradução ocorrem mais rapidamente.

Quando se fala sobre traduções automáticas e por crowdsourcing vs. um tradutor profissional, é evidente que a segunda opção mostra-se como muito melhor, ainda que a tecnologia se desenvolva de uma maneira bem rápida, os profissionais da área têm seu espaço garantido no mercado.

Isso pode ser dito com convicção, pois mesmo que os investimentos em tradução automática e aprendizado de máquinas tenham números que chamam a atenção, a intervenção humana é essencial por sua capacidade de raciocínio, a qual ainda é imbatível quando comparada a sistemas automatizados.

A extração de termos na tradução é uma técnica altamente benéfica e quando é utilizada por uma empresa de tradução responsável e confiável, tende a proporcionar resultados incomparáveis no que tange ao prazo de entrega e ao custo-benefício, ou seja, ela ainda será utilizada por muito tempo nessa área.

Solicite sua Tradução

Postagens Relacionadas