Quer estudar no exterior? Veja dicas e os documentos necess√°rios para embarcar nesta jornada

Se você não sabe por onde começar, fique tranquilo! Listamos pra você conselhos e dicas sobre toda a documentação necessária para o início desta grande aventura

Estudar no exterior é o sonho de muitos jovens brasileiros que desejam mudar suas vidas. Um curso em outro país pode fazer a diferença em diversos aspectos, concedendo ao indivíduo um crescimento não apenas profissional, como também pessoal.

Ao optar por este tipo de experi√™ncia, independente do curso escolhido, o estudante ir√° se deparar com mudan√ßas e conhecimentos expressivos. O multiculturalismo em programas de interc√Ęmbio √© um dos principais motivos que encorajam os alunos do Brasil inteiro a optar por este tipo de aventura.

Isso porque, a jornada permitirá trocar experiências com pessoas de diversas nacionalidades, aprender e conhecer uma nova língua, novas culturas, costumes, culinária etc. Trata-se de uma aventura multicultural que proporcionará um universo de novos conhecimentos.

Morar fora é uma forma de conquistar independência e desenvolver autoconfiança. Estamos falando de uma experiência enriquecedora e também desafiadora.

Afinal, você ficará longe da família, amigos, criará uma rotina diferente, conhecerá a cultura de um novo país e aprenderá um novo sistema educacional, ou seja, a ideia é mesmo superar seus limites e colocar na bagagem muita história pra contar.

empresa de tradução

Veja também РComprar casa em Orlando: Tudo o que você precisa saber para realizar esse sonho.

Veja abaixo alguns tipos de interc√Ęmbio que pode ser uma boa escolha para o seu futuro profissional e aprendizado interpessoal:

Interc√Ęmbio em universidade: Para quem deseja ser graduado, p√≥s-graduado ou fazer algum curso profissionalizante. Neste caso, √© poss√≠vel ficar no pa√≠s por tr√™s meses ou at√© o fim do curso.

Ensino Médio: O estudante poderá passar de seis meses a um ano estudando as matérias do ensino médio em uma instituição internacional de sua preferência.

Au Pair: Destinado para mulheres entre 18 e 26 anos, é uma ótima opção para aprender uma nova língua e trabalhar como babás de crianças.

E você? Ficou animado com esta ideia? Se você tem este desejo porém não sabe por onde começar, não se preocupe! Veja a seguir algumas dicas que irão norteá-lo desde a escolha do país até os documentos necessários para embarcar nesta jornada.

Confira também РTradutor de artigos: Como encontrar um bom profissional.

Ter um foco é fundamental

O primeiro passo que dever√° ser tomado √© a escolha do conte√ļdo a ser estudado. √Č importante pensar bem sobre o que se quer estudar no exterior, uma vez que existem diversas mat√©rias e cursos dispon√≠veis no mundo inteiro.

Antes de tomar uma decisão, o ideal é pesquisar muito não apenas sobre o país de destino, mas também a universidade e ou escola onde o curso será realizado. Alguns estudantes ignoram uma pesquisa minuciosa e acabam se decepcionando ao longo da jornada.

Lembre-se, ter um foco é o melhor caminho a ser tomado em um primeiro momento, pois assim, será muito mais fácil e motivador atingir o seu objetivo.

Outro ponto importante √© o n√≠vel de flu√™ncia no idioma do pa√≠s que ser√° escolhido. Muitas escolas e universidade exigem certificados internacionais, principalmente o IELTS e o Toefl, v√°lidos para as institui√ß√Ķes do mundo inteiro. Por conta disso, ao decidir o pa√≠s de destino, fa√ßa uma imers√£o no idioma e comece a estudar muito.

Documentação

Para visitar, morar ou estudar em qualquer outro país é necessário comprovar a sua identidade e encaminhar uma ampla documentação para as autoridades competentes e responsáveis locais. Trata-se de um sistema muito burocrático mas que com uma boa consultoria, o estudante consegue facilmente os documentos exigidos.

Veja alguns documentos que ser√£o indispens√°veis:

Visto: O visto de estudante deverá estar anexado ao seu passaporte. Trata-se de uma autorização de permanência no país de sua escolha. Assim como o passaporte, o visto deverá ser utilizado como um documento de identidade.

Passaporte: √Č considerado o principal documento de sua lista, afinal, equivale como sua identidade fora do Brasil. Para fazer o documento, basta entrar no site da pol√≠cia federal e seguir o protocolo de acordo com as orienta√ß√Ķes.

Carta de aceitação: Ao ser aceito na universidade ou escola escolhida, o aluno receberá uma carta de admissão.
Trata-se de um documento muito importante que deverá ser apresentado ao longo da entrevista no consulado. Isso provará que você realmente está matriculado na instituição de ensino e que está indo para o país de destino com a finalidade de estudo.

Carteira de vacinação: Alguns países exigem que o estudante prove que tomou todas as vacinas necessárias para não correr o risco de entrar com nenhuma doença no país. Lembre-se, independente de estudos ou não, é sempre importante estar com as vacinas em dia.

Xerox e originais: √Č preciso que todos os seus documentos estejam em sua bagagem de m√£o. Isso porque, voc√™ precisar√° deles ao longo de toda a viagem. Recomenda-se tirar algumas c√≥pias ao realizar sua matr√≠cula, pois este material ser√° solicitado.

Comprovante financeiro: A universidade ou escola vai querer ter certeza de que você conseguirá manter seus estudos, moradia, alimentação, lazer, transporte e medicamentos. Portanto, é preciso comprovar que a renda será o suficiente para arcar com os custos de todo o projeto.

empresa de tradução

Não deixe de ver РTradução simples ou versão: Entenda as diferenças escolha a melhor opção.

Vale lembrar que todos os documentos acima listados deverão ser traduzidos por uma empresa especializada em tradução, que poderá auxiliá-lo e ajudá-lo neste processo. Sabe-se que o mercado brasileiro conta com uma gama de empresas especializadas neste tipo de serviço.

Com profissionais cada vez mais pulverizados, recomenda-se ficar sempre atento e saber escolher corretamente a empresa de tradução, a fim de superar as barreiras linguísticas de acordo com a necessidade de cada projeto.

Para quem deseja morar fora, os documentos deverão passar pela tradução juramentada, realizada sempre que um documento oficial precisa ser traduzido, preservando assim a sua validade jurídica.

Este tipo de atividade s√≥ pode ser realizada por um profissional altamente especializado e devidamente habilitado, conhecido como tradutor p√ļblico juramentado.

Entre os exemplos de documentos que podem ser juramentados est√£o os diplomas, declara√ß√Ķes, procura√ß√Ķes ou certid√Ķes de nascimento entre outros. Lembre-se, para estudar no exterior, escolher a empresa de tradu√ß√£o correta e certificada ser√° essencial na assertividade deste projeto.

Solicite sua Tradução
ÔĽŅ