07 aspectos indispensáveis para escolher uma empresa de tradução

Escolher uma empresa de tradução não é tarefa fácil. Além de avaliar o preço, prazo e descrição dos serviços de forma individual, existem outros pontos que devem ser levados em conta.

Escolher uma empresa de tradução não é uma tarefa fácil. Isso porque existem várias delas no mercado, das mais novas às mais tradicionais. Também há profissionais que fazem o serviço de forma autônoma, da sua própria casa e sem responder por empresa alguma.

Apesar de tudo, a tradução é necessária e, portanto, os profissionais que a executam também são necessários. Por isso, vamos dar algumas dicas para te ajudar na hora de pesquisar, orçar e, por fim, fechar contrato.

1. Tradição

Você já deve ter visto que muitas empresas usam a tradição para fazer propaganda de si mesmas. “Tradição em servir bem”, “tradição e qualidade” e “desde 1984” são alguns exemplos bem comuns de slogans usados por empresas que já existem há certo tempo.

Por que enaltecer a tradição é importante? Bom, primeiro porque a concorrência não para de crescer. Segundo um levantamento da Boa Vista SCPC, em 2017 o número de novas empresas cresceu 13,6% no Brasil em comparação com 2016.

Segundo porque, se uma empresa está aberta há certo tempo, é devido às pessoas que gostam, caso contrário ela estaria fechada. Ou seja, se os clientes aprovam, deve ser porque o serviço é bom. Por exemplo, os restaurantes mais lotados geralmente são os melhores.

E por último, mas não menos importante, se uma empresa de tradução já é tradicional em seu serviço, ela não vai querer manchar sua reputação oferecendo um trabalho de baixa qualidade para você.

2. Prazo

Aqui é importante ser forte, ok? Nós sabemos que existe um impulso que influencia a escolher aquelas empresas que oferecem o menor prazo, menor preço e por aí vai. Porém, lembre-se que o prazo estipulado por uma empresa diz muito sobre o serviço oferecido.

Para pintar a Mona Lisa, Leonardo da Vinci gastou, pelo menos, quatro anos. Durante o processo de produção de uma bolsa da Chanel, a peça passa, em média, pelas mãos de 6 a 15 artesãos, além do tempo de confecção que pode levar até 18 horas.

O que queremos dizer com isso é que determinados trabalhos demandam tempo. Portanto, desconfie de prazos muito curtos ou muito longos. Prefira empresas de tradução que oferecem prazos justos.

Veja também – Tradução simples ou versão? Entenda as diferenças e escolha a melhor opção para a sua necessidade

3. Recomendação

Assim como no caso da tradição, a recomendação serve de prova social quando o assunto é qualidade dos serviços prestados por uma determinada empresa. Por isso, é importante analisar muito bem como anda a reputação da empresa de tradução.

Seja por meio das redes sociais, avaliações em sites especializados, reclamações em sites que dão esse tipo de abertura para o consumidor – como o Reclame Aqui – ou qualquer outro, o importante é saber o que estão falando sobre a empresa que você deseja contratar.

4. Suporte

Não adianta nada a empresa ser prestativa e eficiente apenas no momento de te vender o serviço. Pior ainda se nem mesmo nesse momento a empresa se mostrar atenciosa e comprometida. O atendimento deve ser excelente em todas as etapas do processo, inclusive no pós-venda.

Já imaginou se surge um problema durante o processo de prestação de serviços – seja uma alteração no texto do documento que será traduzido ou uma inclusão de mais documentos, por exemplo – e a empresa não te responde, não te atende ou não é flexível? Você acabará prejudicado.

empresa de tradução

5. Sigilo

O trabalho de tradução implica muitas vezes em traduzir documentos sigilosos, contendo termos de contratos confidenciais, dados bancários, dados que representam altos montantes de dinheiro, informações pessoais etc. Por isso o sigilo é fundamental.

Se a empresa não mencionar nada sobre um contrato de confidencialidade – ou sobre um Non-Disclosure Agreement (NDA) – ou não passar a confiança que você precisa, o ideal é procurar uma empresa na qual você confie.

Confira também – Quais são os perigos de confiar no tradutor automático?

6. Conhecimento do seu nicho de mercado

Dê sempre preferência a empresas que já possuem experiência no seu nicho de mercado. Afinal, o conhecimento é fundamental para alcançar excelência na tradução, não importa qual seja o formato do material: legendagem, documentos, manuais de instrução etc.

Além disso, é importante que a empresa ofereça a flexibilidade de traduzir os mais diferentes formatos, isso também mostra expertise e capacidade de se manter atualizada, transmitindo mais confiança.

7. Transparência e comprometimento

Além da tradição que o nome da empresa carrega, os prazo justos e dentro da realidade, a recomendação dos clientes que já contrataram a empresa de tradução anteriormente, o suporte, o sigilo e o conhecimento do mercado, mais um ponto deve ser considerado.

Quando falamos sobre a contratação de uma empresa que vai traduzir conteúdos – e aqui a dica vale também para a contratação de serviços de qualquer outra empresa – a transparência e o comprometimento são muito importantes.

Em uma era de frases de efeito, textos prontos e técnicas para persuadir clientes, a honestidade ainda é o melhor discurso de venda. Analise bem essa parte antes de fechar com um profissional. Pesquise, converse e tire suas conclusões, certo?

Leia também – Tradução de artigos científicos: Por que contratar uma empresa?

Agora você já sabe como escolher uma empresa de tradução

Na hora da necessidade de fechar um contrato de prestação de serviços, dependendo da urgência, as pessoas têm o hábito de fechar com a primeira empresa que aparece nos resultados de busca do Google. Fazer isso é bastante arriscado e pode ser um grande tiro no pé.

Considerando todos os pontos mencionados acima, será possível escolher uma empresa de tradução de forma muito mais positiva, evitando prejuízos com retrabalho, descumprimento de prazo e traduções de baixa qualidade.

Solicite sua Tradução