Como aperfeiçoar o seu inglês em cinco passos

Grupo de pessoas conversando

Saiba o que fazer para melhorar os seus conhecimentos no idioma

A procura por boas dicas para falar inglês é constante, uma vez que ele é conhecido como o idioma universal e que conhecê-lo é benéfico sob uma série de aspectos, desde a possibilidade de consumir conteúdos de outros países em sua língua original até ter como se comunicar em viagens internacionais.

Embora esse aperfeiçoamento não seja tão complicado, é importante saber o que fazer para alcançá-lo e filtrar as melhores técnicas para isso, de modo a ter o melhor aproveitamento de tempo possível.

Abaixo, nós separamos cinco recomendações que tornarão o seu aprendizado ainda mais eficiente e, com isso, te permitirão atingir os resultados desejados em menos tempo.

Cinco dicas para falar inglês que fazem a diferença

Em oposição às dicas do que não fazer para aprender inglês, colocar as seguintes recomendações em prática será um passo e tanto para conquistar os seus objetivos.

1 – Conheça o seu estilo de aprendizagem

Nem todos sabem disso, mas existe um detalhe que, ao ser colocado em prática antes de conhecer e aplicar as dicas para falar inglês, pode proporcionar um desempenho bem superior, que é entender qual é o seu estilo de aprendizagem.

Basicamente, você deve comparar, entre as seguintes opções, qual é aquela que resulta em um melhor aproveitamento enquanto você estuda:

  • Visual: maior compreensão do que é explicado na forma de textos, imagens, videoaulas, infográficos, entre outros, ou seja, recursos visuais.

 

  • Auditivo: captação e assimilação de informações em formatos auditivos, como podcasts, áudios de aulas e audiolivros.

 

  • Cinestésico: foge um pouco do padrão das demais técnicas e consiste em atividades que estimulem o movimento, como, por exemplo, expressão corporal e atuação teatral (seja em grupo ou individual).

Faça um teste com todos os tipos de atividades e descubra qual delas melhor se adapta à sua aprendizagem. Assim, a tendência é a de uma absorção mais rápida e assertiva.

Além disso, é importante ressaltar que todas as técnicas podem funcionar com cada pessoa, com a diferença de que uma delas tende a ser mais eficiente do que as outras.

2 – Diversifique as suas leituras

É evidente que o hábito de ler é uma das melhores dicas para falar inglês, uma vez que te permite conhecer o vocabulário do idioma, mas uma situação comum é a de consumir apenas conteúdos que nos agradem de maneira geral.

Uma forma de melhorar o aprendizado é ter contato com outros tipos de conteúdo, como livros, revistas, jornais, artigos e textos em redes sociais, tanto em linguagem informal quanto formal, mas sem abrir mão de textos e conteúdos em inglês clássico.

A adaptação pode ser um pouco mais demorada, mas isso trará uma bagagem muito maior de conhecimento, o que certamente fará toda a diferença no processo.

Veja também: Descubra o que é o TOEFL iBT e como essa certificação pode mudar a sua vida.

3 – Inscreva-se em canais do YouTube e podcasts em inglês de assuntos que você goste

As dicas para falar inglês não precisam ser focadas apenas em conteúdos que fogem do seu interesse, muito pelo contrário. Um belo método de aprender é ouvir a maneira com a qual pessoas nativas se comunicam entre si.

Para eles, falar inglês é muito natural, uma vez que se trata de seu idioma nativo, o que significa que eles não se comunicarão lentamente ou com ênfase nas palavras, da mesma maneira que não tomamos esses cuidados quando conversamos em nosso idioma de origem.

Ter contato com a língua falada em sua essência é complicado, principalmente no início, quando tudo parecerá estar acelerado e a compreensão das palavras e frases será prejudicada, mas é essencial passar por isso até que o processo fique natural.

Mesmo que não consiga entender, persista até melhorar na parte auditiva. Assim, além de desenvolver sua compreensão, você também estará em contato com assuntos que lhe agradam, o que atua como incentivo.

Pessoa estudando em computador

4 – Converse com outras pessoas em inglês

Não poderíamos comentar sobre as dicas para falar inglês sem abordar a questão da comunicação e como ela é fundamental para quem deseja alcançar um bom nível de conhecimento sobre o idioma.

Para quem faz aulas de inglês em grupo isso fica mais fácil, uma vez que lá terão outras pessoas que também praticarão dessa forma. Inclusive, em determinadas instituições de ensino e de acordo com o nível de inglês dos alunos, toda a aula é ministrada apenas no idioma.

Porém, seja para quem faz aulas em grupo ou não, vale a pena ir além nesse aspecto e tentar encontrar outras pessoas para conversar, o que se tornou muito mais simples graças à evolução da internet.

Sites como o italki e o Conversation Exchange ajudam bastante nesse quesito, uma vez que ambos reúnem pessoas interessadas em falar outros idiomas. Além disso, praticar sozinho também vale a pena.

5 – Não desista

Ainda que não esteja entre as dicas para falar inglês propriamente ditas, é importante destacar o valor da consistência nos estudos, que será a diferença entre um aprendizado profundo ou um superficial.

Pode ser difícil manter o ritmo e a motivação, principalmente no início, quando cada palavra escrita ou falada parece estranha e costuma-se ter a impressão de que o processo não está evoluindo, mas não é isso o que acontece.

A cada nova tentativa, o cérebro absorve um pouco mais de conhecimento. É natural que isso leve tempo e que até traga um pouco de cansaço, mas é certo que os resultados fazem o esforço valer a pena.

Melhore os seus conhecimentos em inglês e tenha inúmeras possibilidades à sua disposição

Aprender inglês pode não ser obrigatório, mas é muito importante. De acordo com John Knagg, membro do British Council, há 1,5 bilhão de pessoas aprendendo inglês em todo o mundo, o que representa 19,48% de toda a população mundial.

Além de estar apto a consumir conteúdos de outros países em seus idiomas originais, colocar as dicas para falar inglês em prática abre portas profissionais, acadêmicas e pessoais, principalmente após ser aprovado em um teste de proficiência, como o TOEFL iBT ou o CAE.

Aproveite as suas oportunidades para aplicar as dicas para falar inglês e melhorar os seus conhecimentos. Assim, além de todas as novas possibilidades, você também entenderá um pouco do que os profissionais de uma empresa de tradução precisam passar para prestar bons serviços aos seus clientes.

Solicite sua Tradução

Postagens Relacionadas