Como traduzir documentos oficiais?

Saiba qual é o procedimento oficial a seguir quando você precisar traduzir documentos brasileiros para outros idiomas

A globalização fez com que o mundo passasse a funcionar de uma forma completamente integrada. As ações que um determinado governo toma em um país podem influenciar diretamente o desempenho econômico de outro, trazendo consequências que são, muitas vezes, imprevisíveis. Para estudar esses fenômenos ou buscar conhecimento em outras partes do mundo, é cada vez maior o número de brasileiros que têm a oportunidade de estudar no exterior.~

Com professores e cientistas renomados e grandes investimentos em pesquisa, o resultado é um ambiente mais interessante para muitos estudantes brasileiros em universidades e instituições de ensino do exterior. Entretanto, é preciso ficar atento a uma série de requisitos necessários para estudar fora, características essas que variam de país para país.

Por exemplo, por mais que ambos façam parte da União Europeia, estudar na França requer uma documentação distinta do que a Alemanha pede, e assim por diante. Uma das exigências com a qual os estudantes se deparam na hora de apresentar a documentação no exterior é a necessidade de que eles estejam traduzidos, ou seja, eles precisam estar no idioma do país em questão.

Mas você sabe como é feita a tradução de documentos de forma oficial?

Entenda um pouco mais sobre como é o processo de traduzir documentos oficiais

Tradução de Documentos Oficiais

Tradução juramentada: garantia de idoneidade

Caso você domine outra língua, você mesmo poderia traduzir o seu diploma ou certificado de conclusão de um curso para outro idioma, não é mesmo? Mas que garantia a instituição de ensino que receberia a tradução teria de que ela é fiel ao original? Para atestar a idoneidade de documentos traduzidos é que se recorre às traduções juramentadas.

A tradução juramentada é o trabalho de tradução de um documento oficial, seja ele um diploma, uma certidão de nascimento, uma procuração, um histórico escolar ou qualquer outro tipo de documento redigido em língua portuguesa ou estrangeira. Esse processo de tradução só pode ser feito por tradutores juramentados, profissionais concursados e devidamente registrados na Junta Comercial.

Como no caso de um registro em cartório, essa é a garantia que uma instituição internacional tem de que aqueles documentos que você está apresentando traduzidos são autênticos. Por isso há tanto rigor nessa questão e algumas universidades internacionais fazem questão de que toda a documentação apresentada esteja redigida no idioma do país em que se localizam.

>> Saiba mais sobre o que é e como funciona a tradução juramentada de documentos <<

Como saber quais documentos você vai precisar traduzir?

Infelizmente não existe uma regra para isso. Cada ocasião vai pedir documentos diferentes, de acordo com o cargo ou a função para a qual o candidato está se habilitando. Não é possível afirmar que todo país tem o mesmo grau de exigência. Uma universidade na França, por exemplo, pode ser extremamente exigente enquanto outra, no mesmo país, pode ser mais flexível.

Entretanto, embora não exista uma regra geral, é possível ter alguns parâmetros que servem como baliza nessas ocasiões. Diplomas, comprovantes de situação financeira e cartas de apresentação, por exemplo, podem estar na lista de documentos requeridos com tradução oficial. Portanto, é preciso ficar atento a esse quesito antes mesmo de viajar para o exterior.

Uma tradução de um diploma, por exemplo, dependendo do idioma, pode não ser possível de ser realizada em poucos dias. Portanto, é fundamental que você trate de tudo isso com antecedência. Antes de iniciar um processo seletivo, solicite junto à instituição informações detalhadas sobre quais documentos serão necessários e também quais são as condições em que eles devem ser entregues pelo profissional ou empresa de tradução.

Documentação adicional: fique atento aos prazos de validade

Não é apenas o ato de traduzir documentos de forma oficial que precisa ser observado pelos aspirantes a uma vaga em universidades ou empresas internacionais. Como já mencionamos, cada país tem as suas regras e, por conta disso, você deve ficar de olho também nos prazos de validade dos seus documentos e certificados.

Os testes de proficiência, por exemplo, podem ter uma data de validade de dois a três anos, ou seja, por mais que você tenha proficiência em inglês e possua um documento que comprove isso, é importante que ele seja válido no momento da sua inscrição ou, ainda, que respeite o prazo mínimo exigido pela instituição em questão.

Um bom exemplo disso é o passaporte brasileiro. Para viajar para um país como a Alemanha, por exemplo, o seu passaporte precisa ser válido por, pelo menos, seis meses a contar da sua data de retorno. Se o seu documento estiver em vias de expirar, é possível que a companhia aérea não deixe que você embarque no Brasil para o exterior.

O mesmo deve ser observado em itens como vacinação ou seguros de saúde. As vacinas têm data de validade e, muitas vezes, prazo mínimo de antecedência ao embarque. Uma vacina contra a febre amarela, por exemplo, precisa ser tomada com alguns dias de antecedência ao embarque para que seja considerada válida.

Já no caso dos seguros de saúde, cada país possui as suas regras: na Europa, por exemplo, ele é obrigatório, mas não é cobrado em todos os guichês de imigração. Contudo, existe a prerrogativa de que eles podem ser cobrados e, se você não estiver com toda a documentação em dia, poderá ser impedido de entrar no país.

Tradução de documentos é uma garantia para você

Ainda que a tradução juramentada não seja obrigatória para alguns documentos, em alguns casos o fato de ela constar junto à documentação original entregue pode fazer com que suas chances de ser aprovado – ou ao menos ter a sua requisição lida – aumentem. O simples fato de você apresentar um documento traduzido de forma oficial indica que você está atento e interessado na vaga em questão.

Além disso, você vai facilitar o trabalho de checagem dos documentos para o responsável pelo processo seletivo, o que pode contar alguns pontos de empatia para o seu currículo.

Solicite sua Tradução