Como a tradução pode ajudar na evolução do seu negócio

A cada ano as empresas procuram expandir seus negócios para alçar novos horizontes, firmar parcerias, assinar contratos de troca de tecnologia, buscam associação com empresas estrangeiras que deem suporte a seus negócios no exterior – é o caminho natural em um mundo que cada vez mais encurta distâncias. No entanto, é preciso cercar-se de todas as garantias possíveis e legais para que o negócio evolua da forma correta, e para isso a tradução juramentada de documentos é fundamental. Sem ela contratos, acordos, diplomas, currículos nem nenhum outro documento em idioma estrangeiro tem validade legal no Brasil.

Tradução juramentada é garantida por lei

A tradução juramentada é feita sempre que algum documento precisa ter fé pública, só pode ser feito por um tradutor público ou tradutor juramentado e é regida pelo Processo Civil, nos Artigos 156 e 157. Já o Decreto 13.609/43 determina que apenas os tradutores públicos e intérpretes comerciais juramentados, desde que matriculados na Junta Comercial de seu estado de residência, têm a atribuição legal para fazerem a tradução juramentada no território nacional. É bom reiterar que, sem ela, documentos, contratos comerciais, acordos de cooperação técnica, ou qualquer outro redigido em língua estrangeira não tem valor legal no Brasil.

Empresários devem prestar atenção nos detalhes

As empresas, em especial, devem atentar para alguns detalhes. A tradução juramentada feita é sempre impressa em duas vias, ficando uma com o cliente solicitante e a outra arquivada em livros sob a tutela do tradutor público. Dessa forma, não existe tradução juramentada por e-mail ou por fax. Outro fato importante é que ela não substitui o documento original e só tem fé pública se acompanhada por ele. Ou seja, o documento original ou sua cópia precisam estar anexados à tradução juramentada para que esta tenha valor. Ela não altera o efeito do documento dando-o valor, mas torna-o aceitável diante da legislação brasileira para as autoridades cabíveis.

Saiba quando ela é necessária

A tradução juramentada é necessária sempre que o documento original em língua estrangeira estiver registrado ou protocolado junto a alguma autoridade brasileira e para que tenha valor em juízo no caso de ser utilizada em um processo judicial. No entanto, atenção para alguns casos que podem causar espécie o meio empresarial. Se houver uma página de internet, e-mail ou faz em outro idioma que seja utilizado em processo judicial no Brasil, ele pode ser traduzido e anexado à tradução juramentada, mas o tradutor deverá deixar claro o tipo de documento que é. Caso não seja aceito como prova, sua tradução também não o será.

Por outro lado, se você está elaborando um contrato com uma empresa estrangeira, mas apesar do texto pronto alguma das partes ainda não assinou, a tradução juramentada não terá valor. É preciso que o documento esteja completo, com todas as assinaturas.

Faça tudo de acordo com a lei para garantir sua expansão

Na hora de expandir seus negócios com empresas estrangeiras colaboradoras, fique atento a estes detalhes. Qualquer documento pode ter sua tradução juramentada, como cartas, descritivo de patente, representação comercial, transferência de tecnologia, entre outros e até documentos pessoais. Dessa forma você terá toda a segurança garantida pelas leis brasileiras de que a sua expansão é válida no território nacional.

Solicite sua Tradução