Carreira de tradutor profissional: tudo que você precisa saber

Tradutor profissional trabalhando

Entenda o que é necessário e como essa carreira funciona

Você já pensou em se tornar um tradutor profissional? Se você tem familiaridade e afeição por linguística, saiba que essa é uma ótima carreira e com potencial de revolucionar sua vida financeira.

De acordo com o portal Statista, o mercado global de traduções deve movimentar US$ 49,6 bilhões em 2019 e o valor é estimado a chegar a US$ 56,18 bilhões em 2021. Isso significa que, daqui a dois anos, serão US$ 153,9 milhões gastos na área a cada dia – mais de US$ 106.887 por minuto.

Vamos entender o que fazer para começar a atuar na área, de que forma os profissionais podem trabalhar, qual é a média de remuneração e várias outras informações relevantes.

Como se tornar um tradutor profissional?

Diferente do que você pode pensar, não é obrigatório ter cursado alguma faculdade específica para trabalhar como tradutor, ainda que existam áreas acadêmicas mais correlatas ao exercício dessa função.

Existe o curso de graduação de Tradutor e Intérprete, o qual aborda diretamente a área e ajuda na formação de profissionais altamente capacitados, embora existam outros cursos, como Letras, que também fazem parte da área acadêmica.

De fato, não há uma exigência especial para trabalhar como tradutor profissional uma vez que não há regulamentação específica para o exercício da função.

Isso não invalida sua qualidade, seriedade e credibilidade de nenhuma maneira: apenas dispensa a apresentação de um diploma.

Além disso, também é preciso ter domínio de, pelo menos, dois idiomas para poder trabalhar como tradutor.

Logo, entre alguém que somente se formou como Tradutor e Intérprete e um profissional de outra área que estuda inglês há vários anos e já participou de cursos livres da área de tradução, por exemplo, o segundo mostra-se mais capacitado.

Como não há exigência de diploma, mais pessoas podem se tornar tradutores profissionais, o que aumenta a abrangência da área.

O que faz um tradutor?

A resposta pode parecer óbvia, mas acredite, ela não é. Afinal, o exercício dessa profissão vai bem além de apenas traduzir.

Na tradução, há diferentes áreas, como as seguintes:

  • Tradução livre: consiste em traduzir conteúdos de teor não específico de um idioma para o outro.
  • Tradução técnica: é uma modalidade na qual se lida com conteúdos de teor técnico, como medicina, direito, química, física, entre outros, ou seja, o profissional deve tanto dominar os idiomas com os quais trabalha quanto a área de conhecimento da tradução em si, de modo a saber como proceder com termos específicos e linguajares técnicos.
  • Tradução juramentada: essa modalidade é destinada à tradução de documentos oficiais, como certidões, contratos, autos judiciais, entre outros, de modo que eles apresentem a mesma validade legal em outro país.

Além disso, também existe a profissão de intérprete, na qual o objetivo é o de traduzir verbalmente o que é falado por uma pessoa, como o que ocorre em eventos políticos, encontros de negócios, pronunciamentos etc.

Embora ambos pertençam à área da linguística, as atribuições de um tradutor e de um intérprete são diferentes, o que significa que nem todo profissional pode atuar em ambas as áreas com a mesma maestria, embora isso seja possível em alguns casos.

Profissional de tradução

Quanto ganha um profissional de tradução?

Depende muito da carreira que ele deseja seguir e das modalidades às quais quer se submeter, o que interfere diretamente em sua remuneração.

De acordo com o Glassdoor, um site especializado em empregos e recrutamento, o salário médio de um tradutor no Brasil, baseado em 66 salários publicados, é de R$ 2.743,00.

Ainda assim, há variações. Há salários publicados cujo valor é de R$ 2.165,00, ao passo que há aqueles que superam os R$ 5.500,00 e ainda vão além disso.

Porém, uma prática comum para um tradutor profissional é trabalhar como tradutor freelancer, ou seja, sem vínculo empregatício com nenhuma empresa. Isso permite que ele preste serviços para vários clientes conforme a demanda surgir, o que traz liberdade e pode aumentar consideravelmente os seus rendimentos.

Nesse caso, não há como estimar um valor, uma vez que o rendimento dependerá da produtividade do profissional e do valor que ele cobrará por seus serviços. Porém, é fato que sua remuneração pode exceder a de muitas outras profissões no mercado.

É importante citar que a remuneração de um tradutor profissional também varia de acordo com a especificidade de seus serviços e dos idiomas com os quais ele trabalha.

Geralmente, uma tradução livre do inglês para o português custa menos que uma tradução técnica do polonês para o português, por exemplo.

Portanto, a variação é muito grande, mas a remuneração chama a atenção positivamente.

Seja um tradutor profissional e comece a ganhar um bom dinheiro

Certamente não é fácil desempenhar essa função, uma vez que é preciso utilizar ferramentas para a tradução, ter um domínio bem amplo de, pelo menos, dois idiomas e, quando possível, de uma determinada área técnica, mas os benefícios fazem o investimento valer a pena.

Inclusive, a oferta de profissionais não é tão grande, o que significa que há espaço para quem deseja ingressar na área. É isso que pode ser observado em uma estimativa da Translators Association of China – TAC.

De acordo com tal associação, havia 640 mil profissionais de tradução em todo o mundo no ano de 2014.

Se considerarmos o crescimento populacional desde então como uma forma de estimar o número de tradutores atualmente, o aumento foi de 6,94%, o que representaria 684,4 mil profissionais em atividade em todo o mundo.

Em um mundo cada vez mais globalizado, onde conteúdos são disseminados por todo o globo e a todo o momento, sejam eles técnicos, informativos ou de entretenimento, é fato que o tradutor profissional terá um excelente mercado a seu dispor.

Como não é preciso ter um diploma específico na área de tradução, profissionais de áreas técnicas podem trabalhar como tradutores em período parcial ou até mesmo integral, de modo a aumentar sua renda e, quem sabe, até mesmo encontrar um novo nicho de atuação.

Seja para trabalhar como contratado em uma empresa de tradução ou como freelancer, ser um tradutor profissional pode ser um passo determinante para te fazer ganhar mais dinheiro e atuar em uma área em franco desenvolvimento.

Aproveite a oportunidade e comprove todos os benefícios na prática.

Solicite sua Tradução

Postagens Relacionadas